NOTÍCIAS
 
21/05/2011 - 09:10h
COMUNICADO DO ALOISIO.

Prezados,
Realmente, aconteceu o inusitado:

O setor de fiscalização do IBAMA interceptou o processo sobre a nova IN – nota técnica – para detonar todo o seu teor.
Documento este produzido na Diretoria de Fauna e quem tem a função de “gestão de fauna” dentro do IBAMA.
Uma enorme quebra de hierarquia e de funcionalidade que só poderá encontrar explicação na falta de respeito e de consciência da responsabilidade de servidores públicos que se prestam a ser instrumento do preconceito e do radicalismo.
Na realidade, só podem ser agentes e teleguiados de ONGs internacionais que tem interesses inconfessáveis em nossos recursos naturais e agem desta forma sectária.
Distorcem os dados, manipulam informações restritas e privilegiadas e depois usam e abusam da função pública para conseguir seu objetivo escuso.
São os integrantes do BETI (Batalhão Eco Terrorista do IBAMA), os grandes responsáveis pela proeza insólita de atropelar a atribuição de outra Diretoria que tem a função precípua e exclusiva de opinar e dizer sobre o “uso sustentável da biodiversidade” dentro do IBAMA.
É o desrespeito a “ordem” e quebra da autoridade, levado ao extremo.
Estamos, no entanto, confiando no discernimento e na inteligência do presidente Dr. Curt para decidir sobre essa absurda situação. Pois segundo os deputados ele não havia tomado ciência da gravidade do caso até o momento da reunião referida.
Confiamos sim, na clarividência do Dr. Curt e na ação da Bancada Eco Passarinheiro que está engajada na questão e realmente disposta a resolver a questão nem que seja em outra esfera.
Vamos em frente, acreditando no respeito à ordem, no estado de direito e na prevalência da democracia.
Sucesso e abraços.


Aloísio Pacini Tostes
COBRAP


< voltar

 
 
Grupo Curió Praia Clássico Rio de Janeiro
CNPJ: 14.807.917/0001-07 / CTF: 5431996 / CRMV: RJ-09789-PJ / Código INEA: UN039038/90.10.04
contato@grupocpc-rj.com.br
Rio de Janeiro/RJ

www.grupocpc-rj.com.br - 2017 - Desenvolvimento: